Main menu

Porque os bebês ficam amarelados?

17 out 2013
Está preocupada com a cor amarelada do bebê recém-nascido? Não se preocupe, o amarelão da pele do bebê se chama icterícia neonatal e é totalmente normal nessa fase.
 
A cor amarela nos bebês não é exclusividade apenas da pele, isso também pode ocorrer na região dos olhos.
 

Porque os bebês ficam amarelos?

Vale ressaltar que a icterícia não ocorre com todos os bebês, mas é bastante comum. A icterícia ocorre pelo excesso de bilirrubina, que é um pigmento amarelo produzido pelo metabolismo das células vermelhas do sangue.

 
bebe-com-ictericia-amarelado
A cor amarelada do bebê é devido à dificuldade que o fígado tem de capturar toda a quantidade de bilirrubina produzida e se acumulam no sangue.
 

Quando ocorre a Icterícia? 

 
A icterícia atinge cerca de 50% dos bebês recém-nascidos. É mais comum em bebês prematuros, mas pode acontecer com qualquer bebê geralmente com dois ou três dias de vida.
 
A cor amarelada aparece primeiro no rosto e logo vai se expandindo para o tórax, abdome e pernas.
 

Como tratar a icterícia? 

 
A icterícia não é considerada uma doença. A cor amarelada do bebê geralmente tende a ir embora por volta dos 10 dias de nascido.  Os médicos aconselham a dar banho de sol pela manhã e no final da tarde, já que a luz solar ajuda a eliminar a bilirrubina.
 
Se a icterícia não desaparece por volta dos 10 dias de nascido é comum fazer um pequeno tratamento a base de luz chamado fototerapia. O tratamento consiste em colocar o bebê exposto a uma fonte de luz que converte a bilirrubina em outras substancias, o que deixa a pele na cor natural.
 
Tratamento a base de luz: Fototerapia
É importante prestar bastante atenção se a cor amarela do bebê não desaparece nesse tempo e buscar ajuda adequada, já que a bilirrubina quando passa muito tempo no organismo do bebê pode causas danos ao seu sistema nervoso.
 

Sempre que você ficar com alguma dúvida, procure um médico. Os bebês recém-nascidos necessitam cuidados mais urgentes e especializados. Por isso, mamãe, dobrem a atenção!

As informações contidas neste blog nunca substituirão a análise de um profissional de saúde. Portanto, é imprescindível ter o acompanhamento médico adequado antes, durante e após a gravidez. A saúde de você, gestante, e do teu bebê, dependem da orientação desse profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>