Main menu

6 coisas que nenhuma grávida gosta de escutar

09 ago 2013
Olá mamães grávidas, hoje decidimos criar um espaço que muitas mulheres vão se identificar, são situações cotidianas que todas as mulheres grávidas em algum momento já escutaram: perguntas indiscretas e que muitas vezes nos deixa sem resposta!
 
É certo dizer que agora grávida você é mais notada que antes e que muitas pessoas desconhecidas se aproximam de você com alguma curiosidade por causa da gravidez. Mas muitas vezes essa “curiosidade” acaba desenvolvendo um clima chato.
 
Se você está gravida não pode deixar de ler o que separados para você, gostaríamos também de saber quais dessas perguntas e afirmações você já passou e qual foi sua reação. 
 
Confira 6 coisas que não devemos dizer ou perguntar a uma mulher grávida:
6 coisas que nenhuma grávida gosta de escutar - o que não dizer a uma grávida
Se arruma agora porque depois que o bebe nascer você não vai ter para que se arrumar.
 
Como assim? Ser mãe significa sinal de descuido? Não posso ser mãe e me cuidar como todas as mulheres? Esse definitivamente é um comentário que merece uma resposta. A mulher quando bem organizada sempre encontra tempo para se cuidar.
Dorme agora porque depois…
 
Sim já sabemos que alguns recém-nascidos têm dificuldades para dormir, trocam a noite pelo dia e como resultado temos: uma mãe exausta.  Que os bebês recém-nascidos acordam várias vezes na madrugada não é novidade para ninguém, por isso são coisas que não devem ser ditas para uma mulher que espera um bebê. Acredito que a mulher grávida estará tão feliz de conceber um filho que alguns meses mal dormidos não farão a diferença. Evite esse tipo de comentários e fale coisas mais positivas.
Outro filho? Não tem TV na sua casa não?
 
E o que tem a ver televisão com filho? Desde quando assistir televisão inibe os desejos sexuais? Esse tipo de comentário em minha opinião é um dos mais estúpidos e repetitivos que as mulheres grávidas têm que aguentar. Todos querem fazer esse comentário como piadinha, mas na verdade deixa a grávida com bastante vergonha.
Tão novinha e já vai ter um filho
 
As pessoas adoram fazer comentários que não minha opinião são maldosos sobre a idade que você está grávida. Se for nova é porque é “novinha de mais” se é mais velha é “quase uma avó para ter filho” e assim vai. As pessoas têm o direito de ter um filho quando querem e na idade que desejem. Se você é nova ou velha não importa, o que importa é o desejo de ter um filho.
O pai está feliz?
 
Essa pergunta definitivamente nem deve passar pela sua cabeça em perguntar, principalmente se você não conhece a mulher grávida. Nem todas as mulheres têm a oportunidade de ser acompanhadas pelo pai de seus filhos, hoje em dia são comuns mães solteiras. Essa pergunta além de deixar a grávida sem jeito vai gerar um sentimento de tristeza nela.
A barriga esta muito grande, não será gêmeos?
 

O problema dessa pergunta não é o fato de ter dois bebês e sim pela forma que a pessoa que pergunta coloca a frase. Traduzindo, as pessoas quando perguntam: Será que não são gêmeos? Falam de certa maneira como se quisesse que fosse dois, para que a mulher grávida tenha mais trabalho. Para as pessoas que adoram fazer essa pergunta a resposta é simples e muito lógica: vocês acham que a grávida não fez um ultrassom e já não tem essa confirmação? Pois é, usemos mais a cabeça e deixemos mais essas perguntas de lado.

As informações contidas neste blog nunca substituirão a análise de um profissional de saúde. Portanto, é imprescindível ter o acompanhamento médico adequado antes, durante e após a gravidez. A saúde de você, gestante, e do teu bebê, dependem da orientação desse profissional.

4 comentários em “6 coisas que nenhuma grávida gosta de escutar

  1. Acho que quando perguntam sobre se tem TV em casa, é para saber se a pessoa conhece métodos anticoncepcionais… Afinal, é comum que em locais onde não há acesso a informação, a quantidade de filhos por família é maior do que em lugares com acesso facilitado à informação.

    Quanto à idade… escolher ter um filho é uma coisa. Acontecer um filho, é outra completamente diferente. Acredito que um casal precisa estar preparado para ter um filho, e tem muito moleque de 20 anos que sai cantando por aí dizendo que só quer deixar herdeiro, mas não se preocupa com paternidade. Ser pai não é apenas dar sustento, é dar cidadania, disciplina e conhecimento.

    Já os outros pontos, concordo.

  2. Tem coisa mais chata que pessoas que ficam falando de tragédias na gravidez? Abortos, bebês anencéfalos, morte do bebê por conta de eclâmpsia… Já tive dois abortos, estou grávida de 27 semanas e tive várias complicações nesta gestação, tanto que estou afastada do trabalho há 3 meses. Ao invés de ouvir só incentivos, já que cada semana que passa é uma vitória para mim e para a Valentina, sempre aparece algum infeliz que tem uma história triste pra contar… Sou da seguinte opinião: se não tem algo de bom pra falar, fique calado! Mas falta “desconfiômetro” pra muita gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>