Main menu

Pílula do Dia Seguinte: Como usá-la?

11 jul 2013
A Pílula do dia seguinte é uma Anticoncepção de emergência. Em primeiro lugar, esta pílula não é abortiva, pois o aborto é proibido no Brasil. Ela vai atuar antes do espermatozoide fecundar o óvulo.
 
Quando tomar a Pílula do Dia seguinte?
 
Um detalhe muito importante é que esta pílula deve ser usada somente como uma emergência e não como uma anticoncepção de rotina. Quanto mais cedo você utiliza-la após a relação sexual “suspeita”, melhor. Digo “suspeita” pois a camisinha pode ter estourado, a relação pode ter sido feita sem responsabilidade ou até mesmo a pessoa pode ter sido vítima de um estupro, por exemplo, aí sim existe a indicação dela tomar essa pílula de emergência.
 
Quando mais cedo tomar, melhor. Então você não deve deixar para o dia seguinte, como muitas pessoas indicam. Você deve tomar o mais rápido possível. 
 
Porque isso?
 
Porque ela vai perdendo eficácia com o passar do tempo. Até as primeiras 72 horas ela é bem eficaz, mas se você tomar nas primeiras 24 horas, ela acaba sendo mais eficaz ainda.
 
Como usar a pílula do dia seguinte

 

Como tomar a Pílula do Dia Seguinte?
 
Existem dois tipos: Dose Única e em dois comprimidos. Um ingerido após a relação sexual e o outro 12 horas depois.
 
O médico que prescreve a Pílula do Dia Seguinte a um adolescente, pode estar fazendo um ato ilegal ou anti-ético?
 
Não. Os profissionais de saúde tem clara responsabilidade com atenção a saúde sexual e reprodutiva do adolescente. A lei 9.263 de 1996 no parágrafo 7º do artigo 226 da constituição Federal, explica melhor os detalhes de tudo isso. Além disso, o Conselho Regional de Medicina, o CRM, ele assegura que a anticoncepção de emergência é um direito da mulher. Então, é importante que tenhamos todas essas observações feitas.
 
Lembrando novamente que essa Pílula do Dia Seguinte não deve ser usada de forma rotineira, senão ela perde a sua eficácia. Se você ou alguma conhecida estiver usando desta forma, corre um sério risco de engravidar. Emergência não acontece sempre, é uma vez ou outra. 
 
A pílula não protege contra as doenças sexualmente transmissíveis, entre elas, a AIDS. A relação sexual com caminha é fundamental para você preservar a sua saúde.

As informações contidas neste blog nunca substituirão a análise de um profissional de saúde. Portanto, é imprescindível ter o acompanhamento médico adequado antes, durante e após a gravidez. A saúde de você, gestante, e do teu bebê, dependem da orientação desse profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>