Main menu

Outros Métodos Contraceptivos

19 jul 2013
O que são métodos contraceptivos?

Os métodos contraceptivos, são métodos utilizados para a prevenção da gestação. Eles são inúmeros e possuem diversas formas e aplicações e podem ser utilizados por inúmeras maneiras. Neste artigo vamos abordar alguns dos métodos contraceptivos mais usados, além da Pílula Anticoncepcional, que já abordamos em outro artigo.

Os Preservativos

Nós temos 2 tipos de preservativos: Os masculinos, também chamados de camisinha e o preservativo feminino que é a camisinha feminina. As grandes vantagens dos preservativos é que eles também são considerados métodos de barreira e eles impedem que o sêmen entre em contato com o óvulo e então se tenha a fecundação. Uma outra grande vantagem deste método, é que além da prevenção da gestação ele também pode prevenir contra DST’s (doenças sexualmente transmissíveis), já os outros métodos contraceptivos não possuem esta prevenção.

Preservativo - método anticoncepcional

Anel Vaginal

O Anel Vaginal tem em sua composição os hormônios contraceptivos em toda a sua extensão. Ele é flexível, não tem nenhuma aspereza e é bastante confortável. Ele deve ser colocado pela própria mulher no interior da vagina, ele não machuca e fica 21 dias na região vaginal. Após este período a própria mulher retira o anel, o descarta, faz uma pausa de uma semana e depois volta a inserir um novo anel. As relações sexuais acontecem normalmente, não se sente nenhum desconforto. Quando a mulher desejar mudar de método, é só terminar o período do uso do anel.

A grande vantagem deste método, é o fato dele poder ser usado de forma contínua. Isso faz com que a mulher não esqueça, como acontece normalmente com as pílulas anticoncepcionais que devem ser tomadas uma vez por dia, todos os dias e no mesmo horário.

Anel Vaginal - método anticoncepcional

DIU de Cobre

O DIU é diferente dos métodos hormonais, uma vez que ele não inibe a ovulação, ou seja, a mulher continua ovulando normalmente. Hoje temos DIU de cobre com 10 anos de validade, ou seja, uma vez colocado, ele pode ser retirado em até 10 anos e isso acaba dando uma tranquilidade bastante grande. Algumas mulheres se sentem muito confortáveis com o DIU de Cobre, porém uma de suas desvantagens é que ele pode aumentar um pouco o fluxo menstrual, a duração da menstruação e aumentar um pouco as cólicas menstruais. Então, as mulheres que já tenham cólicas menstruais, fluxos muito intensos ou tenham anemia, devem preferir o uso de outros métodos contraceptivos.

DIU de Cobre - método anticoncepcional
DIU Hormonal

Nós temos outra modalidade de DIU, que é um pouco diferente só que ele é medicado com hormônio. Ele fica dentro da cavidade do útero e vai liberando gradativamente o hormônio. Ele age basicamente nos órgãos genitais, principalmente no útero e apenas 30% é absorvido para a corrente sanguínea. Ele é extremamente eficaz e ao contrário do DIU de Cobre, ele tem a tendência de diminuir o sangramento, cólica menstrual e algumas mulheres podem até ficar sem menstruar durante todo o período de uso. Duração de 5 anos.
DIU Hormonal - método anticoncepcional
Adesivo

Ele é absorvido pela pele e cai na corrente sanguínea os hormônios que temos praticamente em todos os anticoncepcionais tradicionais e produz o efeito anovulatório, ou seja, impede a mulher de ovular. É um método extremamente seguro e é trocado a cada 7 dias. A cartela vem com 3 adesivos, após troca-los, fazer uma pausa de 7 dias e recomeça novamente. A vantagem é que também diminui bastante o esquecimento e a mulher pode variar os locais onde coloca-los. Normalmente é indicado colocar nos braços, região lombar, abaixo da região do umbigo. A desvantagem é que pode descolar e algumas mulheres com pele mais sensível podem ter alguma marca.

Adesivo - método anticoncepcional

Injetáveis

Os injetáveis também causam a anovulação. Nós temos 2 tipos: Os mensais e os trimestrais. Os mensais são as famosas injeções que a mulher toma a cada 28, 30 dias. O injetável trimestral pode vir a inibir um pouco o sangramento menstrual e algumas mulheres podem como efeito colateral ter sangramentos irregulares durante o uso do anticoncepcional trimestral e podemos dizer que ele é o único que pode dar realmente aumento de peso.

Injetável - método anticoncepcional

As informações contidas neste blog nunca substituirão a análise de um profissional de saúde. Portanto, é imprescindível ter o acompanhamento médico adequado antes, durante e após a gravidez. A saúde de você, gestante, e do teu bebê, dependem da orientação desse profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>