Main menu

Dieta para Grávidas: A alimentação na Gravidez

15 jul 2013
Como tem que ser a alimentação da gestante?
 
O ideal é que seja, assim como em outros momentos da vida, o mais saudável possível, uma alimentação variada, que consuma diariamente vegetais, frutas. Não faça restrições severas em sua dieta, este não é o momento e nem se alimentar por dois, como costumamos dizem para quem come muito. 
 
A gestante precisa se alimentar a cada 3, 4 horas no máximo, pois acima disso ela sofre de uma hipoglicemia muito maior do que um estado não gravítico, dessa forma ela sofre de tonturas, tremores, mal-estar. Então é importante ter na bolsa sempre a mão uma barra energética, ou então uma fruta, se possível uma gelatina, um iogurte, um pedaço de queijo. Em termos calóricos não é nada importante, mas em termos glicêmicos é bem interessante.
 
Na verdade a grávida deve comer para dois e não precisa comer por dois. Ela não precisa comer o dobro da quantidade que comia anteriormente.
 
Alimentação na Gravidez - Dieta na Gestação
 
Quais alimentos são indicados na gravidez?
 
Não há alimento que seja proibido na gestação, como muitas vezes é comentado. O que ela deve é evitar alimentos em excesso como:  Café, frituras, gorduras, açúcar simples (então diminuir o consumo de doces), dar preferência na sobremesa para uma fruta, que o alimento seja integral, então ao invés de consumir um pão branco que consuma um pão com fibras. Ingerir bastante líquido, como águas e sucos naturais. 
 
Algumas dicas para a diminuição das náuseas.
 
Muitas gestantes tem uma queixa comum, que são as náuseas (enjoos), durante principalmente o 1º trimestre (até o 3º, 4º mês de gestação). Então  existem algumas dicas para estar diminuindo essas náuseas. Além dos sucos naturais, temos:
  • Logo pela manhã, antes de levantar, sempre ter um cereal ou bolacha seca para estar consumindo;
  • Evitar o consumo de líquidos durante a refeição;
  • Evitar grande consumo de alimento na mesma refeição;
  • Não consumir alimentos com muito molho;
  • Consumir alimentos gelados e mais ácidos, por exemplo, um picolé de limão, uma limonada.
Então existem alguns recursos para diminuir as náuseas sem que seja preciso o uso de algum medicamento.

As informações contidas neste blog nunca substituirão a análise de um profissional de saúde. Portanto, é imprescindível ter o acompanhamento médico adequado antes, durante e após a gravidez. A saúde de você, gestante, e do teu bebê, dependem da orientação desse profissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>